Democracia e transparência: MOVA-SE prepara Prestação de Contas

419

Ao final da auditoria, diretores regionais e filiados serão chamados a uma assembléia para tomar conhecimento e deliberar sobre os resultados apresentados.

Quanto à prestação de contas relativa a 2011, primeiro ano de mandado da atual gestão, o estatuto atualizado prevê que a assembléia deve acontecer até 30 de junho (Art. 17, parágrafo 1º), mas, segundo a atual diretoria executiva, ela deve acontecer bem antes.

Após a divulgação do resultado da auditoria, o MOVA-SE vai disponibilizar a divulgação das suas contas online. Para o coordenador João Batista Silva, a transparência e o controle dos trabalhadores sobre a utilização dos recursos do sindicato é necessária e passará a ser uma prática do MOVA-SE a partir da divulgação dos resultados auditados.

O diretor de finanças, Francisco Wilton Bezerra, concorda que tudo tem que ser mostrado e discutido com a ca¬tegoria, inclusive o uso da es¬trutura do sindicato, seus carros, telefones, as viagens dos dirigentes, a agenda dos diretores libera¬dos do sindicato, etc. “Só assim conseguiremos de fato controlar pela base aquilo que os diretores do sindicato fazem”.

O passo seguinte, informa o João Batista, será uma ampla campanha de sindicalização que vise não apenas números, mas a conscientização dos trabalhadores sobre o papel e a importância do sindicato.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome