UM GOVERNO DE CONTRADIÇÕES!

66

Por João Pinto De Sousa Filho – diretor de Assuntos Jurídicos do MOVA-SE

Cabe ao homem público o mister da transparência, da ética e da moral, zelar pela investidura que recebeu, mercê da outorga popular. Infelizmente, o atual governo do estado do Ceará tem deixado muito à desejar quanto ao cumprimento de alguns quesitos fundamentais para uma avaliação positiva, principalmente no que se refere a transparência. A qualquer gestor não é franqueado o direito de promover desigualdade entre geridos, assumir posicionamento favorável a alguns grupos e arbitrariamente desconhecer ou ignorar os direitos e as necessidades de outros. Os argumentos usados para justificar tal comportamento, como a escassez de recursos, cai por terra na medida em que o próprio governador assume publicamente que ao tomar determinadas medidas, o faz para atender promessas feitas a pessoas, sem ter a menor preocupação de tentar passar à maioria dos servidores públicos estaduais uma visão sobre si mesmo de ética e equidade.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome