Mova-se participa do Dia Nacional de Lutas

483

Transformação de atos em ações práticas será o grande desafio do movimento sindical para 2015. No dia (28/01), ocorreu um importante ato envolvendo as centrais sindicais no País, e no Ceará o Mova-se participou através dos seus diretores Evaldo Ribeiro e Hernesto Luz. O ato é puxado por seis centrais sindicais – CTB, CUT, Força Sindical, CGT, CNST e CSB.


Durante o evento, Hernesto chamou atenção dos demais companheiros e companheiras para a necessidade de cobrar os direitos do servidor de forma mais organizada e contundente, pois não se pode admitir que governos eleitos com forte influência da classe trabalhadora façam ataques como os propostos pelas as Medidas Provisórias 664 e 665 (que reduzem direitos referentes ao seguro-desemprego, abono salarial (PIS-PASEP), seguro-defeso, auxílio-reclusão, pensões e auxílio-doença). “É dever dos sindicalistas exigir do governo e de toda a sociedade respeito para essa classe trabalhadora. Outro destaque é a importância de se promover uma reforma politica imediata para se ampliar os mecanismos de participação direta da população nas decisões políticas do nosso país”, afirmou o diretor.


Na oportunidade, o Mova-se reforçou sua indignação com o descaso no serviço público, em especial o caso do ISSEC, instituto este responsável pela saúde dos servidores e servidoras estaduais, que hoje passa por um verdadeiro desmonte. “O Sindicato não medirá esforços para resgatar a dignidade dos seus filiados cobrando do novo governo ações efetivas para mudar esse quadro. Portanto, companheiros e companheiras vamos a luta, pois só ela constrói e garante os avanços tão necessários para os trabalhadores”, destacou Hernesto.

O que muda com as medidas do governo Dilma


 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome