Mova-se cobra índice de reposição salarial e pauta de reivindicações

73

O Sindicato Mova-se participou de reunião no Palácio do Governo, nesta quinta-feira (28), com o secretário de Governo, Nelson Martins, para tratar do índice de reajuste e das perdas salariais acumuladas no Governo Camilo Santana, além de cobrar a pauta de reivindicações entregue no ano passado na Casa Civil.

Na reunião, o representante do Sindagri-CE, Dimas Oliveira, apresentou o estudo técnico acerca das perdas salariais acumuladas e a análise orçamentária e financeira do Estado, elaborado pelo diretor de Organização do Sintaf, Lúcio Maia. De acordo com o estudo, o índice de reposição salarial a ser reivindicado junto ao governo será de 20,64%, correspondente às perdas salariais apenas do governo Camilo Santana, de 2015 a 2018.

Posteriormente, o secretário Nelson fez uma análise da situação econômica atual do estado, assim como se propôs a conversar com o secretário de Planejamento, Mauro Filho, e receber novamente os sindicalistas logo após o carnaval.

Pauta

A coordenadora-geral do Mova-se, Auxiliadora Alencar, cobrou a pauta de reivindicações protocolada no dia 05 de dezembro de 2018, na Casa Civil, contendo diversos pontos específicos, como as promoções que estão paradas desde 2012, planos de cargos, carreiras e salários, reestruturação de tabelas, além de discutir a forma de pagamento das horas-extras dos Hemocentros.

“Sobre a nossa pauta, o secretário respondeu que essa discussão deverá ser feita na Secretaria de Planejamento. Portanto, ainda hoje o Mova-se irá protocolar a pauta na Seplag. Não abriremos mão de construir um serviço público de qualidade para a população cearense e nem de defender uma remuneração justa para os trabalhadores”, afirmou.

Foto: Sindsaúde

 

Serviço:
Assessoria de Imprensa
Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – Mova-se
Contato: (85) 3226.0665/99902.0458

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome