Falta de vales-transporte e EPI’s prejudicam Servidores da Saúde

82

Diante do grave quadro na saúde pública vivenciado pelo povo cearense com a pandemia do coronavírus, onde os trabalhadores da saúde tem se superado para dar uma resposta positiva à sociedade , e onde o próprio governo do estado vem se esforçando para minimizar o sofrimento do povo, os Servidores da Saúde correm sério risco de não irem trabalhar por falta de vale-transporte, benefício ainda não repassado este mês. Uma situação inadmissível, podendo prejudicar todo o esforço que vem sendo realizado em prol da sociedade. Além da problemática relatada, os servidores e profissionais de saúde registram que nas Unidades de Saúde e Hospitais faltam  Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

O sindicato Mova-se solicita às autoridades da saúde do estado, esforços no sentido de solucionarem a questão, garantindo esse direito que é a base da permanência dos trabalhadores na frente de batalha.

Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome