Após denúncias, Hospital César Cals atende reivindicações de servidores

399

No mês de março, o coordenador-geral Flavio Remo juntamente com o diretor do Mova-se e secretário de Saúde do Trabalhador da CUT-CE Hernesto Luz, retornaram ao Hospital César Cals para conhecer as reformas feitas após denúncias do sindicato. Os sindicalistas estavam acompanhados da servidora Auxiliadora Alencar e demais funcionários.


No local, observou-se que os problemas acerca do funcionamento e das condições de trabalho no bloco 400, responsável pelo banho de recém-nascido e de mulheres após o parto, foram resolvidos.


Segundo Flavio, antes da reforma no referido bloco os recém-nascidos eram banhados em uma pia de lavar louças e sem espaço suficiente para as condições mínimas de trabalho.


Além de procurar a direção do hospital, o Mova-se encaminhou denúncia ao Ministério Público a fim de pressionar os responsáveis, que alegavam problemas financeiros e infraestrutura defasada devido o tempo de construção do prédio.

“Entendemos que essa conquista foi fruto de muita luta. Não abrimos mão dos direitos dos servidores e exigimos as mudanças necessárias para que o trabalhador exerça suas atividades de forma digna. Uma conquista da união entre o sindicato e a sua base”, afirmou Hernesto.


O Sindicato Mova-se lembra, que nem tudo está resolvido no Hospital César Cals, pois a direção da unidade assumiu o compromisso de criar uma central para guardar e distribuir materiais e equipamentos como os Bilispots, utilizados no tratamento de recém-nascidos e que hoje se encontram expostos nos corredores do hospital.

Audiência

O Sindicato Mova-se esteve na sede da Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde Pública, no dia 02 de março, para discutir e buscar soluções sobre as denúncias quanto às condições de trabalho dos servidores e funcionamento do Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), em Fortaleza. A audiência é fruto da ação de fiscalização do Mova-se, Coren-CE e SIMEC.


Para Flavio Remo, este tipo de trabalho deve ser feito em todas as unidades de saúde do Estado. “Essa forma de participação do sindicato vai além da luta corporativa, quando deixamos de resolver apenas os interesses dos servidores públicos estaduais para buscarmos melhorias que contemplem toda a sociedade”, destaca.


 

Serviço:

Assessoria de Imprensa

Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – Mova-se

Contato: (85) 3226.0665/99619.8745

Facebook: facebook.com/SindicatoMovaSe

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome