Repressão do Governo Camilo Santana

512

Bomba da polícia militar estadual atinge sindicalista Marta Brandão, presidenta do Sindsaúde, durante o protesto contra da votação da reforma da Previdência estadual na manhã desta quinta-feira (19) na Assembleia Legislativa do Ceará.

Nós da direção do Sindicato MOVA-SE repudiamos toda forma de atuação violenta da polícia militar e exigimos uma imediata mudança de postura do estado frente ao nosso direito de expressão e manifestações, exigimos ainda a apuração de responsabilidades sobre o ocorrido; de quem partiu a ordem, e a punição dos mesmos e dos policiais envolvidos e identificados na truculenta ação contra o movimento, ação tão fartamente documentada em fotos e vídeos.

Basta de violência contra o(a)s trabalhadore(a)s.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome