NOTA DE REPÚDIO AOS ATOS TERRORISTAS E ANTIDEMOCRÁTICOS

17
Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará/MOVA-SE , em nome de sua diretoria executiva, demonstra profunda indignação com a tentativa de golpe fascista e bolsonarista ocorrida na tarde de ontem (08/01/22) em Brasília, na Praça dos Três Poderes. Muito mais que bens materiais e imóveis destroçados, houve agressão a jornalistas e servidores em cumprimento de sua função constitucional, com a conivência de fascistas infiltrados na Polícia Militar e Polícia Civil do DF, além do Exército, governo distrital e de outras instituições. Naquele mesmo cenário, essas forças de segurança foram muito mais violentas, usando bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha nas manifestações de pessoas pretas, pobres, sem-terras, atingidos por barragens, o povo trabalhador em geral.

A manifestação golpista, carregada de um falso e vazio patriotismo, é nitidamente construída e financiada por uma elite antidemocrática, também estimulada pelos 4 anos governo Bolsonaro, que permitiu o horror do corte de direitos, políticas sociais, destruição da natureza e dos territórios dos povos originários. Portanto, essa manifestação se remete diretamente aos que esconderam os cortes de verbas na educação, bem como se mostraram coniventes ou partícipes dos escândalos de corrupção na pasta. Negaram a ciência e estimularam a desassistência à saúde na pandemia, acabando com centenas de milhares de vidas. Desmontaram institucionalmente a cultura brasileira, que constrói nossa identidade e é fonte de renda para muitos e muitas. Não se manifestaram quando a fome passou a entrar cada vez mais na mesa de milhões de brasileiros. Violentam e matam quem é divergente na visão política, são intolerantes religiosos, racistas e atacam as pessoas LGBTQIAP+. Não aceitam o resultado das eleições para presidente e bombardeiam as redes com notícias falsas. Se mostram totalmente avessos à liberdade, solidariedade e diversidade do nosso povo.

Nós, que somos entidade representativa de trabalhadoras e trabalhadores do serviço público estadual do Ceará não admitimos que fascistas e falsos patriotas destruam bens públicos, como foi feito em Brasília, como não aceitamos sua infiltração no Estado para prejudicar os serviços públicos, e principalmente promover ataques à democracia e aos direitos dos trabalhadores! Que sejam devidamente investigados e presos os participantes e financiadores da tentativa de golpe em Brasília!

Fascistas não passarão pela luta do povo brasileiro!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome