Mova-se repudia ataque à CUT-CE

396

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – Mova-se repudia a depredação ocorrida na sede da Central Única dos Trabalhadores – CUT- CE, na manhã desta quinta-feira, 20 de julho, e ao mesmo tempo se solidariza com os companheiros e companheiras vítimas desse ataque.


A invasão ocorreu durante a reunião de dirigentes sindicais que integram a Frente Brasil Popular, onde discutiam o ato em solidariedade ao ex-presidente Lula, marcado para hoje, às 16h. Diante dessa situação o ato foi cancelado.


O grupo armado de revólver e estiletes agrediu covardemente os presentes numa simulação de assalto em que levaram apenas HDs de computadores, agendas do presidente e do tesoureiro e alguns celulares, estranhamente usando seletividade nos objetos roubados.


Os casos de invasões a sedes sindicais e agressões aos sindicalistas estão se tornando corriqueiros neste regime de exceção imposto no Brasil, atentando contra à liberdade de organização dos trabalhadores.


O Mova-se espera que o caso seja apurado e os autores punidos.

 

Somos Mova-se, somos CUT.

Diretoria Executiva Colegiada do Sindicato Mova-se

 

 

Serviço:

Assessoria de Imprensa

Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – Mova-se

Contato: (85) 3226.0665/99902.0458

Facebook: facebook.com/SindicatoMovaSe

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome