Governo Federal tenta enfraquecer movimentos contra a Reforma da Previdência

404

O Sindicato Mova-se compreende que a mudança do Governo Federal, de transferir para estados e municípios a competência para propor alterações na previdência dos seus servidores, não significa um recuo, concessão ou ato de bondade no seu projeto nefasto de retrocesso na aposentadoria, é apenas uma tática utilizada na tentativa de esvaziar os movimentos populares realizados no País.

Dessa forma, o governo federal não visa apenas retirar de sua competência e transferir para estados e municípios o ônus de reformar a previdência dos servidores, mas também reduzir as pressões sofridas pelos parlamentares governistas.

O fato é que nada mudou e o desmonte da previdência continuará como programado, obedecendo os mesmos padrões estabelecidos pelas elites que financiaram o golpe. A reforma que passar no Congresso será copiada pelos estados e municípios, pois repasses de recursos estarão vinculados a obrigatoriedade de realizar a mesma alteração na legislação local.

Para o Mova-se, o governo de Michel Temer, com esta nova manobra, apenas adiará os danos aos funcionários públicos estaduais e municipais. No caso do Estado do Ceará, as expectativas não são boas, uma vez que já foi anunciado o aumento da contribuição previdenciária dos servidores.

Portanto temos que unificar os trabalhadores, os movimentos sociais, as entidades e sindicatos contra esta reforma calamitosa que atingirá todos os lares, além de intensificar a pressão na base parlamentar para que atenda aos anseios dos trabalhadores.  

 

 

Serviço:
Assessoria de Imprensa
Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – Mova-se
Contato: (85) 3226.0665/99902.0458
E-mail: falecom@mova-se.com.br
Facebook: www.facebook.com/SindicatoMovaSe/

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome