Após pressão, sindicatos iniciam negociações na STDS

449

A direção do Sindicato Mova-se, da ASSTDS e do SINTBEM foi recebida nessa terça-feira (21/03), pela secretária executiva da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social – STDS Maria Luciene Rolim juntamente com a equipe de assessores e técnicos, para tratar de várias demandas pendentes da categoria. A reunião aconteceu após o secretário Josbertini Clementino tomar conhecimento do ato marcado para acontecer nesta quarta-feira (22).


Entre a pauta discutida, destaca-se
:


– Criação da comissão de assédio moral


– Nomeação dos integrantes da mesa setorial


– Avaliação da redução de 40 para 30 horas de trabalho semanal dos funcionários das unidades de internação devido às especificidades do trabalho


– Criação do Centro de Apoio Psicológico


– Avaliação sobre a possível incorporação das gratificações dos funcionários com mais 25 anos de serviço prestado para efeito de aposentador


– Análise de pagamento de insalubridade para os terceirizados que trabalham nas unidades de internação


– Realizar o pagamento dos terceirizados até o dia 31 de março (atrasado há dois meses)

Segundo o diretor do Mova-se, Ulisses Moreira, a defesa dos servidores e das condições de trabalho faz parte dos princípios do Mova-se, sendo esta mais uma rodada de negociação em defesa dos funcionários da STDS. “Mesmo repudiando a atitude do secretário por não participar da reunião, resolvemos suspender o ato previsto para esta quarta-feira (22). No entanto, alertamos os servidores para ficarem mobilizados diante de qualquer descumprimento por parte da secretaria”, afirmou.


Estiveram presentes, a diretora do Mova-se e presidente da Associação dos Servidores da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (ASSTDS), Hilda Nepomuceno, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Instituições de Estudos, Pesquisas e Assistência ao Bem-Estar da Criança e do Adolescente do Ceará (SINTBEM), Vera Santos, o superintendente adjunto da Superintendência Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas), Ramon Carvalho, além da representante da ONG AMCTN, Eleni Oliveira, e da representante do Instituto de Assistência e Proteção Social (IAPS), Simone Fernandes.

 

 

Serviço:
Assessoria de Imprensa
Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – Mova-se
Contato: (85) 3226.0665/99902.0458
E-mail: falecom@mova-se.com.br
Facebook: www.facebook.com/SindicatoMovaSe/

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome