Servidores da saúde elaboram pauta de reivindicações

359

Em Plenária realizada nessa quarta-feira (11), na sede do Sindicato Mova-se, servidores de diversas unidades da saúde do estado relataram suas principais reivindicações para serem entregues ao secretário da Saúde Henrique Javi. Durante a reunião, a categoria reforçou que não abre mão do reajuste salarial de 12,67% e o cumprimento da data-base (1º de janeiro).


Um ponto bastante discutido por quase todos os presentes foi o assédio moral nas unidades da saúde. Segundo os servidores, as agressões partem principalmente de chefias despreparadas e indicadas apenas pelo cunho político.


Outra preocupação dos servidores é com o excesso de terceirizados dentro do serviço público, já que o estado gasta o dobro comparando com os efetivos, além do domínio das cooperativas dentro das unidades que muitas vezes obrigam os efetivos a se cooperarem para garantir o acesso a plantões extras com custo de mais de 30% para o estado.

Participaram servidores lotados no Hospital César Cals, Hospital do Coração de Messejana, São José, Albert Sabin, Mental, Centro de Saúde Meireles, Combate ao Câncer, aposentados e servidores do interior do estado.

Encaminhamentos:

Os itens abaixo farão parte do relatório com as reivindicações dos servidores da saúde que será entregue em comissão ao secretário da Saúde e, posteriormente encaminhado ao governador Camilo Santana.


· Reajuste salarial de 12,67%


· Cumprimento da data-base (1º de janeiro)


· Combater o assédio moral nas unidades da saúde do Estado;


· Fim da terceirização abusiva;


· Fiscalização nas cooperativas;


· Concurso público


· Não ao PLC 257/2016 (possui duras ameaças aos servidores públicos);


· Reestruturação e manutenção do Instituto de Saúde dos Servidores do Ceará (ISSEC);


· Incentivo profissional aos servidores


· Reestruturação da tabela salarial


· Plano de Cargos e Carreiras


Serviço:

Assessoria de Imprensa

Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – Mova-se

Contato: (85) 3226.0665/99902.0458

Facebook: facebook.com/SindicatoMovaSe 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome