Peritos criminais cobram reunião com o governador Camilo Santana

360

Os peritos do Ceará realizaram na manhã desta quarta-feira, 13, ato de repúdio na frente da sede da Pefoce, para reivindicar melhorias junto ao Governo do Estado, bem como exigir uma reunião com o governador Camilo Santana (PT-CE) a fim de apresentar as dificuldades e as distorções existentes na Perícia Forense. A manifestação contou com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará (Mova-se).


Segundo o perito Hugo Alcântara há uma evasão de praticamente 50% no quadro de perito criminal, por conta da questão salarial. “Muitos estão estudando para deixar a perícia. Além da defasagem salarial, a nossa luta persiste pela reestruturação da carreira, na forma como foi garantida aos escrivães e delegados, como também pela melhoria da escala de trabalho”, ressaltou.


Com o pior salário do Nordeste e o segundo pior do Brasil na categoria, os servidores, hoje, em razão do quadro funcional reduzido e com a demanda crescente de casos no Estado, não têm condições de entregar os laudos no prazo previsto.

“Sem perícia não há justiça. Precisamos chamar a atenção da sociedade diante da inércia desse governo que tanto desrespeita os servidores públicos. A desvalorização da classe pericial compromete um trabalho eficaz e digno da sociedade cearense”, afirmou o diretor do Mova-se Evaldo Ribeiro.

 


Serviço:

Assessoria de Imprensa

Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – Mova-se

Contato: (85) 3226.0665/99902.0458

Facebook: facebook.com/SindicatoMovaSe

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome