GOVERNO DO ESTADO DÁ CALOTE NOS SERVIDORES

94

O anúncio do reajuste salarial de 5,62% dado pelo governador Elmano de Freitas gerou revolta e indignação entre os servidores públicos do Ceará. A Diretoria Colegiada do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará/MOVA-SE manifestou repúdio à forma desrespeitosa com a qual o governador tratou a categoria.

O reajuste de apenas 1% acima da inflação, não cobre nem a perda do poder de compra dos últimos anos, condenando os servidores a um achatamento salarial. Infelizmente, o governador ignorou os representantes legítimos dos servidores, recusando-se a negociar os valores diretamente com os sindicatos e as categorias. Essa atitude antidemocrática e autoritária demonstra total desprezo pelos direitos e interesses da classe trabalhadora.

Descumprimento da lei: A proposta não inclui o pagamento retroativo de janeiro, previsto em lei. Essa atitude configura flagrante desrespeito à legislação e demonstra o descaso do governo com os servidores.

Diante do exposto, fica claro que o governo Elmano age de forma autoritária e desrespeitosa com os servidores públicos do Ceará. A ausência do pagamento retroativo a janeiro viola a legislação.

A luta por seus direitos e pela valorização do serviço público é fundamental para garantir a qualidade dos serviços prestados à população.

ONDE TEM LUTA, TEM MOVA-SE!
Queremos o nosso retroativo!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome