Nazifascismo e discursos de ódio tomam espaço nas redes sociais e acendem alerta

24

Levantamento da Unesco revela que 49% dos conteúdos sobre o Holocausto no Telegram negam ou distorcem fatos. “Negacionismo associado a violência on-line”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome