Mova-se segue sua luta com o apoio da base

500

A luta pelo reajuste salarial de 12,67% continua firme. Esta semana a Direção do Sindicato Mova-se percorreu diversos hospitais para buscar o apoio dos servidores para uma possível greve geral, caso o Governo do Estado não apresente nenhuma proposta para os trabalhadores. 


A proposta da categoria está fixada em 12,67%, sendo 10,67% referente ao índice do IPCA e 2% de reposição de perdas, além do cumprimento da data-base dos servidores públicos do Ceará no dia 1º de janeiro. De acordo com a Lei Estadual nº 14.867, de 25 de janeiro de 2011, publicada no Diário Oficial do Estado do dia 25 de janeiro de 2011, em seu artigo 6º, a data-base dos Servidores Públicos Estaduais foi antecipada para o dia 1º de janeiro.

Segundo o diretor Evaldo Ribeiro, o Governo garantiu informar o índice de reajuste até o início de abril. “Iremos aguardar a resposta do governador sem a possibilidade de reajuste zero. Mas enquanto não for anunciado, estaremos mobilizando a categoria. O nosso trabalho será junto com o servidor público, pois só assim teremos força para enfrentar o Governo”, afirmou.


Locais já visitados pelo Sindicato Mova-se: Hospital São José, Hospital César Cals,  Hospital Infantil Albert Sabin, Unidade de Referência em Dermatologia e Hanseníase Dona Libânia, Escola de Saúde Pública do Ceará – Meireles e Hospital do Coração de Messejana.


Serviço:

Assessoria de Imprensa

Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – Mova-se

Contato: (85) 3226.0665/99619.8745

Facebook: facebook.com/SindicatoMovaSe

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome