MOVA-SE segue na luta pela implementação do piso salarial dos engenheiros

114

A diretoria do Sindicato MOVA-SE, representada pelos dirigentes sindicais, Jerusa Feitosa, Márcia Veras, Sabino Helano e o advogado do MOVA-SE, Dr. Eudenes Frota, participaram no dia de ontem, 28 de julho, no Auditório 2 no Complexo das Comissões na Assembleia Legislativa do Ceará de uma reunião com a base de engenheiros, entre eles: engenheiros químicos, engenheiro civil, engenheiro agrônomo e geógrafo, além dos médicos veterinários que na ocasião, os presentes pautaram e discutiram sobre a minuta de reivindicação sobre a luta pela implementação do piso salarial dos engenheiros em órgão públicos.

A referida reunião contou também com a presença do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará, engenheira civil Teodora Ximenes, entre outras entidades representativas.

Na ocasião, os presentes destacaram a necessidade de estabelecer uma nova legislação que defina qual a base de cálculo para fixação do piso salarial (definir um mecanismo de indexação), mediante decisão do supremo tribunal federal (STF). Outros eixos também abordados foram sobre o direito dos profissionais servidores públicos estatutários ao salário mínimo profissional e o estudo sobre o piso salarial profissional mediante lei de iniciativa do poder executivo. “A Lei Complementar 103, de 14 de julho de 2000, que permite aos estados criarem seus próprios pisos salariais.”

ONDE TEM LUTA, TEM MOVA-SE!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome