MOVA-SE presente nas lutas dos servidores públicos da saúde

375

Em mais uma iniciativa de luta do Sindicato pela garantia dos direitos dos servidores públicos da saúde, MOVA-SE intensificou cada vez ainda mais as manifestações, atos e mobilizações em prol da categoria. Foram meses de dedicação, atos nas portas das unidades, inclusive a realização de uma grande manifestação convocada pelo Sindicato, que trouxe parafrente da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (SESA), carro de som, faixas, apitos e palavras de ordem, com objetivo de chamar atenção da sociedade e servidores sobre a política desrespeitosa do Governador Camilo Santana (PT), em não negociar as reivindicações dos servidores.

Neste sentido, informamos aos servidores da saúde que foi agendado e realizado uma reunião no dia 05 de novembro de 2019, entre os dirigentes sindicais, Osmarina Modesto, Hernesto Luz, e Maria Do Carmo Aquino (base), juntamente com representantes da SESA, Dr. CláudioFrota e Dr. Hernani Ximenes, onde, solicitou que o Mova-se formalize todas as reivindicações com fundamentação relativa às pautas com a SESA, incluindo às denúncias sobre o assédio moral dentro das unidades. Sobre o pedido de aposentadorias, o secretário se comprometeu que será como antes, com documentação via CRES, (malotes), sem deslocamento pessoal.

No decorrer da reunião, foi abordado cada ponto questionado pelo sindicato, como por exemplo, o pagamento imediato das promoções em atraso desde 2012. A SESA informou que nesta data: 05/11/2019 foi assinado um processo de promoção e encaminhado posteriormente para publicação do DOE.

Na discussão a respeito da Parcela Nominalmente Identificável (PNI), o sindicato mostrou que tal gratificação não corresponde com a realidade financeira dos servidores. Diante dessa pauta o MOVA-SE solicitou esclarecimento da LEI 15.294 de 8 de janeiro de 2013 (PNI), foi dito que o ofício já foi enviado para a SESA, no qual a Secretaria vai pedir um parecer à Procuradoria Geral do Estado (PGE).

Referente à portaria nº 853/2001, no qual o sindicato reivindica a realização das eleições para a comissão da GITQ (Gratificação de Incentivo ao Trabalho com Qualidade), fomos informados que a GITQ vai acabar e que já está sendo trabalhado e desenvolvido uma nova modalidade para substituir a GITQ, chamada GDI-Gratificação de Desempenho Institucional, portanto, não será mais necessário fazer eleições, ou seja, a Secretaria irá executar um novo decreto para convalidar o já existente (GITQI). Segundo os gestores da SESA a solicitação encontra-se na Cada Civil incluído a Portaria da GDI.

Diante das circunstâncias, o MOVA-SE reivindicou o acesso ao projeto GDI em virtude que os servidores não tem conhecimento do projeto, para que não sejamos pegos de surpresa, assim como foi feito com a PNI que servidores tiveram muitas perdas e prejuízos.

A respeito do Concurso Público: No momento a perspectiva é realizar uma seleção pública com período de um ano e que será prorrogado por mais um ano, a Secretaria ressaltou ainda que essa seleção pública será por unidade e terá início no Hospital Geral de Fortaleza (HGF), observando que será para toda categoria da saúde.

Sobre a reposição salarial de 20,64%,a SESA reafirmou que a referida pauta teria que ser discutida e negociada com o Governador do Estado.

Finalizando as discussões, o Mova-se solicitou dos gestores rever a situação dos administrativos em função dos mesmos já terem atingidos as últimas referências.

Ressaltamos a nossa disposição na luta pela valorização dos servidores!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome