Mova-se cobra da SESA melhorias para servidores dos Hemocentros

422

Em reunião, no dia 17 de junho, com o secretário da Saúde Henrique Javi, a Direção do Mova-se acompanhado de servidores dos Hemocentros de Crato, Iguatu, Quixadá e Sobral apresentaram diversas reivindicações da categoria.


Discutiu-se assuntos relacionados às condições de trabalho, deslocamento em veículos inadequados para transporte de servidores, horas trabalhadas além do horário normal de expediente, avaliação de desempenho, entre outros. O secretário afirmou que como gestor público só pode fazer o que a lei determina e tudo que for de direito dos servidores, poderá ser solucionado.

Deslocamento em veículo inadequado

Sobre o deslocamento de servidores em veículo que contém materiais perfurocortantes, sangue coletado e até lixo orgânico, o secretário alegou que esta situação mudará, não podendo garantir mais um carro para cada unidade, mas prometeu no prazo de aproximadamente dois meses, a adaptação dos veículos com separações técnicas para acomodar separadamente os funcionários dos objetos citados.

Horas extras

Com relação às horas trabalhadas além do horário do expediente, Henrique Javi determinou ao Jurídico da SESA um estudo sobre a possibilidade legal do pagamento de diária e horas extras, ficando também o Mova-se responsável pelo parecer sobre o assunto.

Estágio probatório

Com relação aos processos de estágio probatório, o secretário informou que já passaram pela SESA, assim como já foram assinados e encaminhados à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) para publicação e posteriormente serem feitas as avaliações de desempenho.

Prédio Hemocentro de Quixadá

Sobre à conclusão do prédio do Hemocentro de Quixadá, o secretário alegou dificuldade de recursos para manutenção, complementando que se fosse a construção de um novo prédio teria mais facilidade em conseguir recursos. No entanto não confirmou nenhuma data para concluir a reforma.

Atraso das diárias

Outro assunto em pauta foi o atraso no pagamento das diárias que ultrapassa mais de dois meses. Henrique Javi afirmou desconhecer os motivos, mas se comprometeu em resolver.


Diante de todas essas reivindicações antigas e de extrema importância para o desenvolvimento das atividades diárias dos servidores, o Mova-se espera que realmente as promessas feitas pelo secretário Henrique Javi sejam encaminhadas. 

Pauta geral


• Reajuste salarial de 12,67%;

• Cumprimento da data-base (1º de janeiro);

• Combater o assédio moral em todas as unidades da saúde do Estado;

• Fim da terceirização abusiva;

• Fiscalização nas cooperativas;

• Concurso público;

• Não ao PLC 257/2016 (possui duras ameaças aos servidores públicos);

• Reestruturação e manutenção do Instituto de Saúde dos Servidores do Ceará – Issec;

• Incentivo profissional aos servidores;

• Reestruturação da tabela salarial;

• Plano de Cargos e Carreiras;

• Condições de trabalho


Serviço:

Assessoria de Imprensa

Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – Mova-se

Contato: (85) 3226.0665/99902.0458

Facebook:facebook.com/SindicatoMovaSe

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome