Análise da postura do governo do Ceará que impõe reajuste sem considerar perdas salariais dos servidores

53

Análise da postura do governo do Ceará que impõe reajuste sem considerar perdas salariais dos servidores.

O Governo do Ceará concedeu um reajuste salarial de apenas 5,62% aos servidores públicos do estado. O valor, segundo o governo, foi definido com base na inflação acumulada no período, no entanto, não leva em consideração as perdas salariais sofridas pelos servidores nos últimos anos, nem repõe a inflação integral do período.

Além disso, o reajuste não retroage à data-base da categoria, que é 1º de janeiro, descumprindo o disposto na Lei 14.867/2022. Essa medida gerou insatisfação entre os servidores.

O MOVA-SE assim como as diversas entidades sindicais se manifestaram contra a proposta do governo, classificando-a como insuficiente e injusta.

As categorias também criticam a falta de diálogo por parte do governo, a medida do governo foi tomada de forma unilateral, sem levar em consideração as demandas dos servidores.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome