Seminário discute demandas dos movimentos sociais

406

O Mova-se participou, nesta quarta-feira (04), do Seminário “Diálogo com os Movimentos Sociais”, na Assembleia Legislativa, como forma de inserir a luta dos trabalhadores no serviço público entre as prioridades da Comissão dos Direitos Humanos e Cidadania. Representando o sindicato, estiveram os diretores Cartaxo Arruda, Evaldo Ribeiro e Martinho Olavo.


“Esse momento submerge uma concepção ampla de direitos humanos, como a luta por moradia, indígenas, pescadores, pessoas com deficiência entre outras. De modo, que essa concepção deve ser trazida para a Assembleia, pois não é a casa que deve pautar o seu trabalho, mas ela deve ser pautada pela sociedade”, ressaltou o deputado estadual

Renato Roseno (Psol-CE).


Sobre as inúmeras ações desenvolvidas pelo Sindicato Mova-se a favor dos trabalhadores, o diretor Martinho Olavo enfatizou a luta por uma frente parlamentar em defesa do serviço público, como também a criação de creches nos locais de trabalho. “Já como estratégia para esta frente parlamentar teremos no dia 18 de março, um café da manhã, com os deputados para estreitarmos esse diálogo e planejarmos iniciativas de ações junto ao parlamento, tais como projetos de leis e projetos de indicativos referentes à ampliação de direitos da categoria”, destacou.


Como demonstração da vanguarda do Mova-se já foram articuladas junto ao Parlamento Estadual algumas audiências públicas, cujos temas são pertinentes aos servidores, a exemplo da audiência pública para se discutir o Instituto de Saúde dos Servidores (Issec), prevista para o dia 11 de março, outras pertinentes à Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) sobre o Sistema de Atendimento Socioeducativo para o próximo dia 17 de março e para tratar dos abrigos (instituto de acolhimento), marcada para o dia 18 deste mês, com também a primeira audiência pública sobre a regulamentação do Parque do Cocó, prevista para o mês de maio. Todas por intermédio das Comissões de Direitos Humanos e Cidadania, Meio Ambiente e Desenvolvimento do Semiárido, Infância e da Adolescência e Trabalho, Administração e Serviços Públicos.

Presentes representantes das mulheres, direito à moradia, LGBT, infância, educação, juventude, pessoas com deficiência, raça e etnia, violência institucional, idosos, da economia solidária, da saúde, comunicação e cultura, dos catadores e dos trabalhadores. Também estiveram na reunião o deputado Elmano de Freitas (PT), a representante do Escritório Frei Tito de Alencar, Talita Maciel, e os vereadores João Alfredo (Psol) e Deodato Ramalho (PT), atual presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Fortaleza.


Serviço:

Assessoria de Imprensa

Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – MOVA-SE

(85) 3226.0665/8635.6156

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome