Ato unificado garante início das negociações com o Governo do Estado

602

Na manhã desta quarta-feira (20/02), o Sindicato Mova-se participou do ato unificado realizado no Palácio da Abolição, com o intuito de iniciar às negociações da pauta de reivindicações dos servidores públicos estaduais com o Governo do Estado. O movimento contou com a presença de representantes de diversas categorias do serviço público.

Ao chegarem ao Palácio, os trabalhadores foram recebidos por forte aparato policial com a finalidade de evitar o acesso dos servidores, no entanto, o fato não intimidou os sindicalistas que permaneceram no local até serem recebidos por representantes do governo.

Durante o movimento, o presidente da Federação Nacional dos Servidores e Empregados Públicos Estaduais e do Distrito Federal – Fenasepe, Renilson Oliveira, deu alguns informes, dentre eles que a Federação entrou com ação contra a PEC Teto dos Gastos, responsável pelo congelamento dos gastos como da saúde e educação, sendo esta acatada pelo ministro Marco Aurélio de Mello e aguardando julgamento.

“Seguimos em luta, no entanto, a luta mais importante das categorias nos estados é a luta na rua. É preciso que o governo negocie, pois a data-base não é meramente uma lei, mas sim uma data criada para que o governo anuncie para o funcionalismo público aquilo que foi negociado ou construído para a classe trabalhadora”, informou Renilson.

De acordo com a coordenadora-geral do Mova-se, Auxiliadora Alencar, para exigir o cumprimento da data-base – 1º de janeiro, é preciso ir às ruas, é preciso o movimento dos trabalhadores. “Hoje o servidor se encontra envelhecido, vivendo apenas de gratificações e com salário defasado, mas é obrigado a trabalhar. Se o estado está bem, é a custa do achatamento do salário dos servidores. Por isso, não abriremos mão da reposição salarial de 20,64% e exigimos o diálogo com o governador Camilo Santana (PT-CE)”, afirma.

Pauta

O Mova-se, como representante legal dos servidores estaduais, protocolou no dia 05 de dezembro de 2018, na Casa Civil, a pauta de reivindicações dos servidores públicos estaduais que propõe a construção de um serviço público de qualidade para a população cearense através do reconhecimento e valorização dos servidores estaduais, além de defender uma remuneração justa, moradia digna e outros direitos que lhes proporcione qualidade de vida e eficiência nos serviços prestados à população.

Reunião

Foto: Rogério Castro (Sinduece)

Uma comissão formada por dirigentes sindicais foi recebida pelo representante da Coordenadoria Especial de Articulação Política do Governo, André Barbosa, que agendou para o dia 28 de fevereiro, às 15h, no Palácio da Abolição, reunião com o assessor de Relações Institucionais, Nelson Martins. Na oportunidade, será apresentado o estudo técnico acerca das perdas salariais acumuladas e a análise orçamentária e financeira do Estado.

 

Serviço:
Assessoria de Imprensa
Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – Mova-se
Contato: (85) 3226.0665/99902.0458

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome