Todo apoio e solidariedade à professora Vanúzia Brito!

17

Nós, diretores do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado do Ceará (MOVA-SE) em nome de todos os servidores públicos do estado, vem a público manifestar o nosso apoio à professora Vanúzia Brito pela atitude covarde e irresponsável do jornalista Wellington Macedo, assessor da Ministra Damares.
O assessor da Ministra publicou no Site do jornal Agora Paraná uma “denúncia” contra a professora da escola de ensino fundamental de Sobral – CE, acusando-a de “doutrinação criminosa”. A referida “denúncia” conduz em um vídeo tendencioso sobre a conduta da professora em sala de aula.  A exposição das imagens traça em que uma aluna da escola, claramente orientada por seu algoz, faz perguntas tendenciosas à professora, para motivar um possível o assédio moral. No contexto geral, o assédio toma como argumento uma resposta dada pela professora em que ela se posiciona contra o trabalho infantil.
Reforçamos a nossa defesa à referida professora e também à liberdade do exercício da atividade acadêmica de formação desenvolvida pelos servidores docentes.  A Educação em Sobral é tida como referencia no país, tendo a maior nota no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) em todo o Brasil. Recebeu diversos prêmios internacionais, inclusive da ONU e certamente o mérito é pela excelência de seus professores.
Fortalecemos que também somos contra o trabalho infantil, portanto, nosso posicionalmente é igualmente o da prof. Vanúzia, pois acreditamos que este atual (des)governo é um “exterminador de futuros”, repudiamos as atitude desumanas que tratam nossas crianças, deixamos registrado a nossa indignação ao trabalho infantil.

Fortaleza 03 de outubro de 2019
Diretoria do MOVA-SE

Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome