Recadastramento dos servidores ativos e inativos será realizado a partir de outubro

27

A Fundação desenvolveu app para dar mais agilidade e segurança ao processo

O recadastramento dos servidores será feito de forma gradual e contínua a partir de 01º outubro com uma novidade, ele será feito de forma digital por meio de um aplicativo desenvolvido pela Fundação de Previdência Social do Estado do Ceará (Cearaprev).

Todos os documentos e informações para recadastramento e prova de vida serão entregues por meio do aplicativo, mas para isso é necessário manter os dados no sistema guardião da Secretaria do Planejamento e Gestão do Ceará (Seplag) atualizados. É por meio dele que o servidor obterá autorização para entregar as informações.

Segundo o presidente da  Cearaprev, João Marcos Maia, a Fundação vai se comunicar em tempo real com os servidores e por isso manter os dados atualizados são de fundamental importância.

Ele destaca que os dados não devem ser entregues a desconhecidos e, por isso, é necessário verificar as informações nos canais oficiais. “Não caiam na armadilha de entregar dados a quem vocês não conhecem. Para terem essa certeza de que vocês estão entregando à Cearaprev vocês terão que fazê-lo por meio da Seplag. Assim nós vamos evitar que falsários, fraudadores e pessoas inescrupulosas se utilizem de fake news para ludibriar, enganar e prejudicar os servidores do Estado do Ceará, sejam eles ativos ou inativos”, destaca.

Além das vantagens para os usuários, que não precisarão mais se deslocar de suas casas e, em alguns casos, municípios, para tratar dos serviços prestados pela Cearaprev, o aplicativo também terá um impacto positivo para o Estado, uma vez que possibilitará um tratamento mais eficiente das informações e contribuirá para reduzir custo.

“A partir do lançamento do aplicativo, todo o trâmite relativo à solicitação e concessão de benefícios para os servidores do Ceará será realizado por meio do aplicativo. Nosso objetivo é facilitar a vida das pessoas. A ideia é que os servidores não precisem sair de casa para tratar sobre os serviços da Cearaprev. Isso será benéfico para todos os servidores do Estado, sobretudo para aqueles que têm algum problema de mobilidade ou que residem no Interior, pois não precisarão mais se deslocar até Fortaleza para solicitar aposentadoria ou pensão, por exemplo”, explica João Marcos Maia.

Assessora de Comunicação da Fundação de Previdência Social do Estado do Ceará (Cearáprev)

Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome