Mova-se repudia agressão e presta seu apoio à servidora Maria Carmellita Colares

207

A Diretoria Colegiada do Sindicato Mova-se repudia veementemente qualquer forma de violência a servidores públicos estaduais, assim como presta seu apoio à servidora Maria Carmellita Colares, presidente da Associação dos Servidores da SEPLAG – ASSEPLAG. A servidora afirma ter sido agredida pelo secretário do Planejamento, Maia Júnior, durante discussão sobre mudanças na concessão da ascensão funcional que ameaça prejuízos a categoria.

Conforme informações de Maria Carmellita, o secretário agarrou seu braço com força, ameaçou-a e fez agressões verbais. Por conta da forte agressão, a servidora precisou enfaixar o braço.

Diante dos fatos, o Mova-se presta sua solidariedade à servidora pública e a Associação que ela representa, assim como entende que esse tipo de comportamento apenas confirma o desrespeito e os abusos enfrentados diariamente pela classe trabalhadora.

Ato

A servidora agredida Maria Carmellita Colares. (Foto: Reprodução)

Nesta quinta-feira (27), as diretoras do Mova-se Auxiliadora Alencar, Socorro Mota, Rita Gomes e Osmarina Modesto, participaram do ato em frente à sede da SEPLAG, no Cambeba, organizado pelos servidores da pasta como forma de repudiar o descontrole do secretário de governo.

Durante o ato, as dirigentes sindicais colocaram à disposição o setor Jurídico do Mova-se para acompanhar o processo da servidora e garantiram ajudar no que for preciso.

Para Auxiliadora Alencar esse tipo de ataque não pode se repetir. “Não vamos aceitar nenhum tipo de violência contra à mulher. Chega de retirada de direitos. Chega de práticas antissindicais e chega de assédio moral. O Mova-se vai acompanhar todo o processo da servidora e garantir todo o apoio jurídico necessário”, afirma a diretora sindical.

Reunião no Palácio

Após o ato, a categoria seguiu até o Palácio da Abolição para reunião com o chefe de gabinete Élcio Batista, o secretário de Movimentos Sociais, Cícero Cavalcante e a  coordenadora Especial de Políticas Públicas para as Mulheres do Governo, Camila Silveira, ainda presentes representantes de sindicatos e associações.

Diretoria do Mova-se durante reunião no Palácio. (Foto: Reprodução)

Na reunião, a categoria exigiu, por unanimidade, a exoneração do secretário Maia Júnior, alegando falta de equilíbrio emocional para gerir uma pasta tão importante como a SEPLAG.

O chefe de gabinete garantiu conversar com o secretário e levar o caso ao governador Camilo Santana.

 

Serviço:
Assessoria de Imprensa
Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará – Mova-se
Contato: (85) 3226.0665/99902.0458

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome