MOVA-SE – Nota Pública

67

Não obstante a falta de reposição salarial em 2016 e 2019, uma reforma previdenciária draconiana com previsão de confisco de pensão de viúvas, o governo Camilo encaixou na resolução do conselho de governança de 7 / 04 / 2020, mais um pacote de maldades contra o servidor. Desde a postergação para 2021 das ascensões funcionais, passando pela vedação da nomeação de concursados, e de forma recorrente, anuncia que não dará reposição salarial, chegando ao cúmulo de dizer que também não cumprirá as decisões dos dissídios coletivos.

Na sanha injustificada de prejudicar servidores, o governo do estado inseriu um ” jabuti” na resolução, proibindo aos servidores de ” cobrar” futuramente os direitos negados em 2020. Numa atitude hedionda e oportunista o governo do estado tenta usar como biombo para suas maldades a pandemia do coronavírus, fingindo não ver que a crise mundial atinge à todos, inclusive os servidores públicos.

Confiram o DECRETO publicado no DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO | SÉRIE 3 | ANO XII Nº071 | FORTALEZA, 07 DE ABRIL DE 2020. No qual reduz ainda mais os direitos dos servidores públicos do estado.

Infelizmente a notícia é das piores. Vejam abaixo alguns pontos de retrocesso

1. Não haverá reposição do reajuste salarial;

2. Não haverá ascensão funcional até 2020;

3. Sem nomeação de concursados;

4. E não haverá renovação automática de terceirizados.

BAIXE AQUI PDF

Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome