História

30 anos de lutas e conquistas

O ano de 2018 é especial para o Mova-se e seus sindicalizados, pois este completa 30 anos como sindicato de abrangência geral na categoria dos servidores públicos estaduais, forte, atuante e com muita história de lutas e conquistas. O Mova-se não contempla uma área específica do serviço público e é filiado à Federação dos Servidores e Empregados Públicos Estaduais e do Distrito Federal (Fenasepe) e à Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Fundado em 1988, no 1º Congresso da categoria, o Mova-se possui hoje mais de 7 mil sindicalizados, dentre os servidores e empregados públicos estaduais nos órgãos (secretarias, autarquias, fundações e empresas públicas e de economia mista) do Estado – incluindo ativos e aposentados – os quais descontam, voluntariamente, na folha de pagamento mensal, 1% sobre o seu salário-base.

O nome Mova-se (Movimento de Valorização e Articulação dos Servidores Estaduais) foi criado quando a organização dos servidores ainda era um movimento pró-sindicato, e permaneceu mesmo após a configuração formal da entidade. Em 1993, no 3º Congresso, o nome chegou a ser questionado. Porém, devido sua tradição histórica, a marca de fantasia foi mantida, embora o nome tenha sofrido modificações até estabilizar-se em Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará.

Em sua sede própria, localizada na Rua Princesa Isabel, 502 – Centro, funciona toda sua estrutura administrativa, conta com uma biblioteca, realiza e participa de congressos e seminários com regularidade, planeja e programa ações de formação sindical. Na área de comunicação, conta com assessoria profissional, presente nas principais plataformas digitais de comunicação (site próprio, Facebook, Flickr e Youtube), além da produção de Informativo impresso.

Durante anos não foi dado ao Mova-se o reconhecimento como legítimo representante da categoria, sendo este questionado em várias ações judiciais com interesses apenas protelatórios. Porém, o crescimento da entidade e sua forma de representatividade junto à categoria tornaram o reconhecimento obrigatório por parte do Governo. Hoje, o Mova-se está presente em todas as mesas de negociação de servidores estaduais e nas ruas, reivindicando melhores condições de trabalho e de vida.

Print Friendly, PDF & Email